Medidor de temperatura no terminal Linux em tempo real


Olá galera nesse post irei passar um script que criei recentemente para me ajudar a monitorar a temperatura do meu servidor Linux pelo terminal. Então vamos ao que interessa!

Requisitos:

Para utilizar o script inicialmente precisamos do lm-sensors, o qual na maioria dos sistemas Linux já vem pré instalado por padrão, para testar basta rodar o seguinte comando:

$ sensors

Caso já esteja instalado ele irá exibir todas as informações de temperatura e voltagem do seu sistema.
Agora caso não esteja vamos a um pequeno passo a passo para a instalação e configuração, vou resumir o comando todo em uma única linha bastando copiar e colar no seu terminal:

$ sudo apt-get update && sudo apt-get install lm-sensors

Digite sua senha do administrador e aguarde a instalação, após concluir execute o comando a baixo para realizar a configuração dos sensores:

$ sudo sensors-detect

Com esse comando ele irá perguntar quais módulos apresentados na BIOS você quer que ele monitore. Basicamente responda "YES" para todas as perguntas, dificilmente ele trava em algum módulo. Já pode usar o lm-sensors com o comando:

$ sensors

Pronto os requisitos para funcionamento já estão ok, vamos ao script.

Script:

Basicamente o script roda de tempos em looping o comando: sensors -A, sem deixar o seu terminal poluído com o histórico:


#!/bin/bash
if [ -t 0 ]; then stty -echo -icanon -icrnl time 0 min 0; fi
clear
keypress=''
while [ "x$keypress" = "x" ]; do
  tput cup 1 0
  echo -ne "MEDIDOR DE TEMPERATURA!   "
  date +"%d/%m/%y: %H:%M:%S"
  sensors -A
  echo "precione qualquer tecla para sair!"
  sleep 1 
  keypress="`cat -v`"
done
if [ -t 0 ]; then stty sane; fi
exit 0

Informações do Script:

Para sair do script só apertar qualquer tecla que ele finalizará o looping;

Na linha onde tem o sleep 1 (um segundo), aqui define a cada quantos segundos ele irá executar o script, para colocar um valor menor pode se usar o sleep 0.5 (meio segundo). ou para mais sleep 3 (três segundos).


Tutorial:

Com esse script vamos criar um bash, para facilitar vamos organizar e criar um alias para poder chama-lo mais facilmente.

Vamos separar em partes. O foco dessa parte do tutorial é para iniciantes (sou um desses), mas caso já seja experiente faça da maneira que achar mais adequado para o seu caso. 

Vamos inicialmente criar uma pasta para agrupar todos os scripts que porventura vier à criar:

$ sudo mkdir -m 755 /scripts 

Esse comando automaticamente cria a pasta já dando suas respectivas permissões (também pode ser usar o chmod).

Agora vamos criar o arquivo,  aqui estarei utilizando o vi que já é nativo da maioria dos sistemas Linux, então vamos ao comando:

$ sudo vi /scripts/temp.sh

Após executar o comando irá abri a tela preta, copie e cole o comando nessa tela, (para colar basta: apertar o botão Insert e clicar com o botão direito do mouse). Para finalizar aperte o botão Esc e escreva :x (realmente é os "dois pontos" mas a letra "x" em minúsculo).

Após criar o arquivo vamos alterar as permissões dele para poder executar e assim quase finalizar o tutorial.

$ sudo chmod 755 /scripts/temp.sh

Com isso o script já está funcionando e pronto para ser chamado:

$ /scripts/tt2.sh

Mas assim é meio trabalhoso de usar então vamos criar um alias. 

Antes de criarmos o alias, vamos fazer um backup do arquivo que vamos mexer, caso ocorra algum problema teremos um backup (caso tenha algum problema comenta aqui que ajudo!).

$ cp ~/.profile ~/.profile.bkp

Esse comando basicamente copia seu .profile para o arquivo .profile.bkp.

Agora finalmente vamos criar o alias:

$ echo -e  "\nalias mtemp='/scripts/temp.sh'">> ~/.profile

Esse comando basicamente insere um Alias com o nome "mtemp" (você pode alterar para a palavra que achar melhor!), dentro do arquivo .profile, então quando escrever a palavra mtemp no terminal ele irá executar o comando após o =, simplificando em muito a nossa vida!! Mas calma ele ainda não irá funcionar :/, para isso vamos ir para a ultima parte do tutorial. Execute o comando a baixo:

$ source ~/.profile

Esse comando recarrega o .profile para acatar as alterações, agora sim o comando "mtemp" irá funcionar!

Com isso eu finalizo o post negada, caso tenha alguma  alguma duvida comenta aqui que ajudo todo mundo !!! caso tenha alguma correção ou alguma por favor me informe!

Se vocês gostaram desse Post não deixe de compartilhar com seus amigos!
E para não perder nenhuma novidade nos sigam nas redes sociais:
Twitter: @bulfaitelo
Facebook: Bulfaitelo Project
Blogger: Bulfaitelo Project
Share on Google Plus

About Thiago Rodrigues

Formado em Sistema de Informação pela Faculdade Paraíso
O que falar de mim? Não á muito, mas garanto que meu objetivo aqui é somente ajudar!
Atualmente desenvolvendo o projeto do QiEstudo.

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário