Como criar um require automático para paginas - PHP -


Com um código simples e fácil de entender que logo a baixo irei explicar como usar.

Eu estava alterando um site estático (vergonha mas ainda estou aprendendo...), e me deparei com o "problema",

De que toda vez que adicionar uma nova pagina no site eu teria que ir sempre no index.php acionar o require do mesmo,


Então veio a ideia de colocar algo mais automático e assim veio inicialmente o seguinte código: (esse é só o exemplo de como funciona...)


Trabalhando com for em php  (link interno)


For (link do site php.net)






require (link do site php.net)



file_exists (link do site php.net)

Como funciona?

Nesse exemplo acima é bem simples,
Se ele encontrar algum arquivo com nome "file_1.php" ou "file_2.php" ... "file_30.php" ele faz o require,

Lembre-se que "file_"     ".php" são strings, os números (1, 2, 3,...,30) são definidos pela "$pg" que basicamente é o contador do for.

Esses arquivos tem que seguir esse padrão de ordenação, se não o file_exists não vai encontrar os arquivos  e consequentemente não vai fazer o require,

Vamos para um outro exemplo:

(que realmente usei no meu código)

Esse exemplo já se torna bem mais pratico, pois ele só vai fazer o require do arquivo solicitado,

Pois existem duas condições, se o arquivo existir e se a variável $secao for verdadeira,

Porque mesmo que o arquivo exista se a variável não for verdadeira ele não faz o require.

Obs.: Repare que eu uso a "(aspas duplas), pois se usar as '(aspas simples) ele não vai reconhecer a variável $pg, pois tudo que está dentro de '' ele reconhece como string.



Bom é isso, caso tenha alguma duvida faz um cometário aqui em baixo que irei ajudar, se eu não souber aprenderemos junto ^^.

Vlw até a próxima.

Qualquer duvida só comentar :)

Share on Google Plus

About Thiago Rodrigues

Formado em Sistema de Informação pela Faculdade Paraíso
O que falar de mim? Não á muito, mas garanto que meu objetivo aqui é somente ajudar!
Atualmente desenvolvendo o projeto do QiEstudo.

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário